Benefícios da alimentação natural na prevenção de doenças

Alimento como remédio

Imagezoo | Inmagine

“Deixe o alimento ser teu remédio e o remédio ser teu alimento”, disse Hipócrates, o pai da medicina moderna há aproximadamente 2500 anos atrás.

Muito melhor que tratar a doença, é prevenir-se através de uma alimentação natural e hábitos saudáveis para que ela não surja. Em outras palavras, muito melhor que gastar “rios de dinheiro” em remédios, é investir seu dinheiro em alimentos que melhorem sua saúde e promovam seu bem-estar.

A nossa alimentação tem efeito direto no humor, disposição, resistência à dor, sono, concentração e memória. Com influência diretamente relacionada à alimentação, podemos citar três doenças que são verdadeiras epidemias em nosso meio: hipertensão arterial, diabete mellitus e obesidade.

Uma dieta com baixo teor de sódio está relacionada à uma menor incidência de hipertensão arterial, assim como uma dieta pobre em gordura saturada e trans está relacionada à um menor risco de elevação do LDL (colesterol ruim).

Também, é importante frisar que uma dieta rica em calorias provenientes de açúcares, está claramente relacionada ao surgimento da obesidade e, consequentemente, do diabete mellitus.

Uma alimentação equilibrada deve ser balanceada com alimentos de todos os grupos, muitas frutas, vegetais, grãos integrais e gorduras saudáveis. Deve conter pouca gordura saturada, colesterol e gordura trans. Importante incluirmos uma variedade de grãos diariamente, especialmente os integrais, que são ótima fonte de fibras. A ingestão de fibras previne o surgimento de câncer do cólon e ajuda no tratamento da constipação intestinal.

Como alimento rico em fibras, podemos citar a linhaça, que pode ser encontrada na forma de grãos, óleo ou farinha. Ela regula o intestino, diminui a ansiedade e a inflamação em células de gordura. Além disso,  o seu consumo leva à ocupação de grande espaço no estômago, impedindo que ele seja esvaziado rapidamente. Sem contar que as fibras existentes no grão também estimulam a produção de hormônios ligados à saciedade, que avisam ao cérebro que a barriga está cheia.

Outro alimento que podemos citar é a quinoa, sendo fonte de proteína, carboidratos, vitaminas, minerais, aminoácidos e cálcio. A quinoa é considerada um dos melhores e mais completos alimentos de origem vegetal. Rica em fibras, ajuda no funcionamento intestinal, reduzindo a absorção de lipídeos, diminui os sintomas da TPM e é uma ótima fonte de vitaminas E, D e do complexo B.

Frutas e vegetais, tais como espinafre, couve, brócolis, laranja, limão e tomate, ajudam a evitar doenças cardíacas e acidente vascular cerebral, controlar a pressão arterial, prevenir alguns tipos de câncer, evitar uma doença intestinal dolorosa chamada diverticulite, e proteger contra catarata e degeneração macular, duas causas comuns da perda de visão.

Nos próximos dias, vou postar uma série de alimentos naturais e seus benefícios na prevenção de doenças, assim como formas de incorporá-los na sua dieta!
Até o próximo post 🙂

Fontes:
arboriumnaturais.com.br
hsph.harvard.edu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s